Olá a todos, estamos de volta com mais uma edição do mangás da semana aqui no seu blog cultural Pacóvios, e hoje vamos voltar a falar de ficção e robôs humanoides. Os anos 70 está marcado de histórias assim, e a obra que vamos falar hoje se chama Shinzo Ningen Casshan!

Casshan Cover

Casshan, ou Neo Human Casshern (como ficou conhecido no ocidente), é uma série de ficção cientifica pós-apocalíptica criada nos anos 70 pelo mangaká Tatsuo Yoshida. A série faz parte de uma onda de animes que não possuem um mangá, ou seja, são produções feitas diretas para a televisão, e que são produzidas desde o zero no próprio estúdio. Porém essa série é baseada em um mangá da editora Kodansha, lançado nas revistas Terebi Magazine, e Akita Shoten, chamado de Boken Oh!

Casshan foi produzido pela Tatsunoko Produtions e dirigido por Tatsuo Yoshida e Hiroshi Sasagawa, a produção foi feita por Kenji Yoshida (cofundador da Tatsunoko Productions e irmão de Tatsuo) e Ippei Kuri (Irmão mais novo de Tatsuo e Kenji) e escrito por Takao Koyama, um ótimo escritor de séries (com foco nos animes), e que já escreveu para séries como Dragon Ball Z (a maioria dos filmes) Saint Seiya, Sailor Moon e etc.. A trilha sonora ficou na responsabilidade de Shunsuke Kikuchi, outro ótimo profissional que também já trabalhou em séries como Dragon Ball de Akira Toriyama. Como podem perceber, a série foi produzida por um time de peso! Casshan foi exibido pela Fuji TV de outubro de 1972 até junho de 1974 totalizando 35 episódios lançados.

A franquia ganhou uma OVA em 1993 chamada de Casshan: Robot Hunter, produzida pela Tatsunoko em parceria com outros dois estúdios, a Artimic e a Gainax, e conta a mesma história do anime, praticamente um reboot em forma de OVA.

Casshans

OVA de 1993

E em 2004, a série ganhou um filme em live action (tokusatsu), (sim! Muito foda), produzido pelo Shochiku Studios chamado de Casshern the Film. Mas não para por ai, em 2008 um remake da série foi anunciado, intitulado de Casshern Sins.

Cassahn (6)

Casshern – Live Action

Enredo:

Em um futuro fictício, uma guerra entre homens e máquinas explode, os robôs de inteligência artificial tem como objetivo acabar com a humanidade, pois segundo a filosofia deles os humanos não iriam apenas destruir a si próprios, como também iriam acabar destruindo o mundo todo. A revolução dos robôs começa, e um ataque com bombas atômicas faz os países mundiais caírem um após o outro. Para tentar se salvar e destruir esses robôs, os humanos sobreviventes se unem, porém eles eram fracos demais para sobreviverem contra o império cibernético liberado por uma figura chamada Rei Negro / Braiking Boss (líder do mundo das máquinas, principal repressor dos humanos, dono e senhor da vida e morte nesse novo mundo). Porém surge uma pessoa que abriu mão de sua vida e tudo que tinha para poder se tornar um ser híbrido, metade humano e metade máquina, e assim se opor ao Rei Negro e seu exército de robôs, esse ser era Casshan.

Ai vocês me perguntam como Casshan se transformou em um ser hibrido?

A história do personagem principal lembra muito dos diversos clássicos de ficção como, RoboCop, e 8th-Man (que já falamos por aqui).

Tetsuya é filho de um cientista famoso na área de regeneração de células orgânicas e metálicas, ou seja, a fusão do tecido humano com partes robóticas, chamado de Dr. Azuma. Tetsuya era um jovem normal e tinha uma vida boa e feliz com sua família, porém ele viu tudo isso mudar em um piscar de olhos, quando seus pais foram brutalmente assassinados e sua cidade foi destruída e mergulhada em labaredas de fogo. Gravemente ferido e quase morto, Tetsuya se vê incapaz de lutar contra as forças cibernéticas, e para não morrer e obter sua vingança, ele acaba utilizando as pesquisas do seu pai para poder se transformar em metade humano e metade máquina, assim ele reconstrói seu próprio corpo e renasce como Casshan.

Casshan conta com a ajuda de uma bela garota chamada Luna, muitas vezes ela age como informante para Tetsuya, e ela é uma membra da organização “Aliança”, uma junção de todos os países sobreviventes ao ataque do Rei Negro.

Casshern Sins:

Casshern Sins, anunciado em 2008 foi produzido pelo estúdio Madhouse em parceria com a Tatsunoko, foi exibido pelas emissoras, Chiba TV, TV Aichi, MBS, TV Kanagawa e TV Saitama, de outubro de 2008 até março de 2009, totalizando 24 episódios.

O mais interessante dessa série, é que ela é um remake que subverteu completamente a continuidade da série original Casshan. Casshern não é mais um ser hibrido que luta contra as forças malignas do Rei Negro/ Braiking Boss em um mundo pós-apocalíptico, agora ele é apresentado como um Cyborg, subordinado de Braiking Boss, e que tem ordens para assassinar os protetores da humanidade, e condenando assim a humanidade a sua destruição. Em Sins, Luna que era amiga e quase uma amante de Casshan, se transforma na principal inimiga que precisa ser destruída. (Rapais porque mudar completamente assim!? Rs).

Cassahn (1)

Tetsuya em Casshern Sins

A série animada ganhou uma versão em mangá (novamente contrariando a regra de mangá – anime) serializada na Jive´s Monthly Comic pela revista Rush Magazine.

Casshan (1)

Parece o Seiya né? Isso é porque o character design das duas séries são a mesma pessoa! Yoshihiko Umakoshi foi responsável por Casshern Sins e também por Saint Seiya Omega, entre outros trabalhos.

Por fim, Casshan/Casshern é um ótimo personagem da Tatsunoko, está entre os grandes, ao lado de Speed Racer e Gatchaman, e como seus irmãos de produção, também ganhou diversos produtos e adaptações, como sua participação como personagem jogável nos games: Tatsunoko Fight (2000) e Tatsunoko vs. Capcom: Ultimate All-Stars (2008).

Outra curiosidade interessante, é que o famoso personagem de Metal Gear Solid 4(2008) e Metal Gear Rising(2013) – Raiden, teve seu character design baseado nas vestimentas de Casshan.

Cassahn (4) 2

Raiden de Metal Gear e Casshan

É isso ae pessoal, estamos chegando ao fim de mais um mangás da semana, espero que tenham gostado! Semana que vem estamos de volta com muito mais! Fui!

Cass

Até a Próxima!