Olá a todos, estamos de volta com o quadro mais Nihon aqui do Pacóvios, e hoje vamos deixar de lado toda aqueles enredos de luta, sangue, e inimigos impiedosos, para dar lugar as boas ações, o respeito para com o próximo, e como ser uma pessoa cheia de boas intenções. Hoje é dia de falarmos sobre Doraemon!

Doraemon - 1

Doraemon ou como ficou conhecido aqui no Brasil: Doraemon: “O Super Gato” ou “O Gato do Futuro”, é um mangá para o público “Kodomo” (feito para crianças) de comédia dramática, ficção cientifica e fantasia, criado pela dupla de mangakás, Hiroshi Fujimoto e Abiko Motoo que juntos criaram um único pseudônimo chamado de Fujiko Fujio (e assinavam seus trabalhos em conjunto com ele). A série fala sobre um gato robô chamado Doraemon que voltou dois séculos no passado para ajudar um garoto chamado Nobita Nobi.

Doraemon - 2

A primeira aparição do gato futurista aconteceu em dezembro de 1969 quando o mangá foi publicado simultaneamente em seis revistas diferentes, todas pela editora Shogakukan sob o selo Tentomushi. As revistas eram intituladas e separadas de acordo com a série em que a criança estudava:

Em 1969

  • Yoiko – neném
  • Yochien – Infantário
  • Shogaku Ichinensei(primeira classe da escola preliminar)
  • Shogaku Yonnensei(quarta classe da escola preliminar).

A partir de 1973:

  • Shogaku Gonensei(quinta classe da escola preliminar)
  • Shogaku Rokunensei(sexta classe da escola preliminar)

Em 1977

Em 2005

  • Foi lançado outro mangá da série intitulado de Doraemon + (plus)

As histórias caracterizadas em cada revista eram diferentes, significando que o autor criava mais de seis histórias cada mês.

No total, foram criadas aproximadamente 1344 histórias diferentes ao decorrer de 45 volumes lançados e encadernados. A maioria das histórias de Doraemon possui um teor humorísticos, mas sempre com lições de moral e abordando temas sobre os valores sociais, tais como a honestidade, a perseverança, a coragem, a família e os respeito para com as outras pessoas. As questões meio-ambientais também são muito notáveis e bastante abordadas, como espécies em extinção, o desflorestamento e a poluição. O nome de Doraemon provém da aglutinação de duas palavras: dora, de dora neko (gato de rua) e “emon“, um sufixo arcaico em nomes masculinos japoneses, como Goemon.

O Anime:

Em 1973 foi produzido e lançado a primeira versão animada do gatinho preferido da criançada Doraemon (1973) criado pelo estúdio Tokyo Movie Shinsha (TMS) e exibido pela emissora de TV Nippon Television de 1 de abril de 1973 até setembro do mesmo ano, com apenas 26 episódios. Porém essa série não deslanchou e acabou sendo bastante impopular na época. Então como uma segunda oportunidade, no ano de 1979 a gigante TV Asahi pegou o projeto e deu seguimento, formando parcerias com os estúdios Shin-Ei Animation e Asatsu-DK, produziram e lançaram novamente Doraemon para o público Japonês. Nada poderia ter dado mais certo, a série se tornou incrivelmente popular e arrebatou um enorme sucesso, fazendo com que a franquia fosse exportada e exibida em diversos outros canais ao redor do mundo tais como o Boomerang a Cartoon Network e até mesmo a nossa querida Rede Machete aqui no Brasil. A versão de Doraemon pela TV Asahi ficou em exibição de 2 de abril de 1979 até 25 de março de 2005, sim é isso mesmo, foram 26 anos de exibição seguidos, totalizando a bagatela de 1787 episódios lançados. Porém não acaba por ai, no mesmo ano de 2005, em Abril, o anime foi renovado e continuou a ser exibido pela TV Asahi estando em exibição até hoje, somando para a franquia mais 709 episódios e aumentando a cada semana! Atualmente a serie é uma das com mais audiência no Japão.

Os filmes, especiais e curtas:

No ano de 1980, a Toho lançou o primeiro filme baseado nas características dos mangás especiais publicados anualmente. A proposta era lançar um filme por ano, e já se passaram 36 anos desde que o primeiro filme anual foi lançado. Ou seja, até o momento existem 36 filmes lançados.

O mais recente deles é Doraemon: Shin Nobita no Nippon Tanjouque que foi lançado em 5 de março de 2016.

Dorae filme

Doraemon: Shin Nobita no Nippon Tanjouque

Além de também existirem diversos curtas ao longo dos anos, eles por sua vez não obedecem ao padrão anual. O último lançado foi em 2002 chamado de Doraemon: Goal! Goal! Goal!!!.

O Dojinshi de Doraemon:

Em 2005, um dojinshi (publicações independentes) intitulado “Doraemon – Final Episode” ou “Doraemon – Time Paradox” foi lançado e publicado de maneira independente pelo desenhista de 37 anos, Yasue T. Tajima. A história conta a versão do autor para o que poderia ser o final de Doraemon, e se passa 35 anos após a série original. É centrada no protagonista Nobita Nobi (que agora, adulto, é um engenheiro em robótica), e suas tentativas de ressuscitar o seu amigo Doraemon, depois que a suas baterias acabaram. O volume (único) tinha formato de folha A5, e por volta de vinte páginas, além de um traço que imitava perfeitamente o original. O sucesso do dojinshi foi instantâneo, com uma grande participação de fãs que, via internet, espalharam um boato de que se tratava de um final oficial. Os volumes produzidos e vendidos ultrapassaram os 15 mil. A editora Shogakukan se viu, então, obrigada a entrar em contato com Yasue T. Tajima e ordenar a suspensão da produção e venda do dojinshi. O artista foi ainda convidado a alegar publicamente que se tratava de uma versão não oficial da história, além de ter pagado uma quantia de indenização não revelada.

Os criadores de Doraemon, a dupla Hiroshi Fujimoto e Abiko Motoo, nunca publicaram um final oficial para a história.

Doraemon no Brasil:

Em 1992 o anime de 1979 foi transmitido aqui no Brasil pela TV Manchete, no programa do “modelo Xuxa”, porém na época apresentado pela apresentadora Angélica chamado de Clube da Criança (1983-1998). No entanto o anime acabou tendo uma má repercussão na época e acabou sendo abandonado. Até que em 2014 a Sato Company, empresa responsável pela distribuição de Naruto e outros animes, retomou o projeto e trouxe para cá o anime de 2005. E em 10 de dezembro de 2014 a série estreou na maior plataforma de streaming do mundo, a Netflix.

Curiosidades de Doraemon:

Mais de 100 milhões de copias do mangá já foram vendidas e a série animada já foi distribuída para mais de 30 países.

Doraemon ganhou o primeiro Shogakukan Manga Award pelo prêmio de mangás para crianças de 1982. Em 1997 ganhou o primeiro Osamu Tezuka Culture Award, Em março de 2008, o ministério estrangeiro do Japão apontou Doraemon como o primeiro “embaixador do anime” do país. O orador do ministério explicou a nova decisão como uma tentativa de ajudar as pessoas em outros países a compreender melhor o anime japonês e a aprofundar seu interesse na cultura japonesa. A ação do ministério estrangeiro confirma que Doraemon veio ser considerado um ícone cultural japonês. Em 2002, o personagem de anime foi aclamado como um herói asiático em uma reportagem especial conduzido pela revista Time Ásia.

Doraemon é uma série infantil aclamada no mundo todo, e que já fez parte de mais de duas gerações, e continua presente até hoje! E como um ícone da cultura do mangá e anime, não poderia faltar aqui no nosso quadro semanal!

Ah! Porque Doraemon é um gato e não tem orelhas? – Aparentemente, Doraemon teve suas orelhas roídas por um rato e nessas orelhas que ficava a sua memoria de gato-robô. Só uma curiosidadezinha rs!

É isso ae pessoal, estamos chegando ao fim de mais uma edição, semana que vem tem mais e fiquem ligados nas novidades! Fui!

Doraemon Fumante

Até a próxima!