Embrulhabanda estreia em show na Casa do Mancha, saiba mais sobre esta banda nascida do site Embrulhador.

Revisora no portal Embrulhador, site conhecido por criar listas com destaque grande em artistas nacionais, Bijou Monteiro teve a ideia de montar uma banda que unisse parte dos músicos que tinham envolvimento com o Embrulhador, assim surgiu a Embrulhabanda.

Agora Daniel Ribeiro (Guaiamum), Ian Fonseca (Supercolisor), Victor Bluhm (Oto Gris) e Victor Meira (Bratislava) unem forças e dão vida a um megazord projeto divertido e que chama a atenção por sua criatividade.

Você fica sabendo mais sobre a Embrulhabanda agora:

Embrulhabanda

Foto: Andreia Justino.

Pacóvios – Como surgiu a ideia de montar a Embrulhabanda?

Bijou: Eu reviso o Embrulhador desde o surgimento dele, mas minha função no site não é decisória. O Ed Félix recebe os discos, escava outros tantos álbuns e, assim, conduz as audições do conteúdo para selecionar os cem melhores na opinião dele. Até a lista lançada esse ano, eram mais de quatro mil discos avaliados e isso me deu um clique. Já que eu conferia ao vivo a maior parte das bandas presentes nas listagens, eu poderia criar um grupo de músicos laureados pelo site. A melhor parte do Embrulhador é a curadoria que Ed ministra ao congregar em uma única publicação ritmos/gêneros musicais díspares. Com essa lição aprendida, criei a banda porque ela abarca a catarse dos melhores shows que já vi e, mais ainda, reúne no palco os artistas que ressignificaram meu de entender/consumir a música.

Pacóvios – A banda não tem um vocalista fixo, os vocais só serão assumidos por artistas que já passaram pelo Embrulhador?

Bijou: Sim. Como a Embrulhabanda nasceu a partir de um site, é a linha-editorial dele é que impera no projeto. Semana passada, no entanto, o Ian Fonseca – nosso tecladista e fundador do Supercolisor – teve um insight lindo e jogou a ideia convidarmos alguns artistas-perpétuos, que ainda não passaram pela lista, como futuros vocalistas. Músicos que, por exemplo, estão em hiato criativo e ainda não lançaram discos desde o surgimento do site. Assim, esses perpétuos não listados seriam nossa única exceção.

Pacóvios – E quanto ao repertório, como definir o que tocar?

Bijou: A Embrulhabanda tem uma setlist-tronco formada a partir de duas canções de cada grupo (Bratislava, Guaiamum, Supercolisor e Oto Gris) presente na empreitada. Essa setlist, por sua vez, foi pensada pelos meninos para que as canções fluíssem de forma sinérgica. Guaiamum canta em inglês, Bratislava tem faixas causalosas on fire, Oto Gris é um rock-reggae-guitar-hero e Supercolisor tem um mega pianista de voz grave dilaceradora. A banda levou nove meses para alinhavar todo esse repertório, adaptar o que era necessário e, ainda, incluir as faixas escolhidas por Luz Marina para esse show. É sempre muito trabalhoso para eles, mas a parte mais legal é quando uma banda seleciona as canções da outra. As músicas do Supercolisor, por exemplo, foram escolhidas pelo restante da Embrulhabanda e essa soma é muito bonita de se ver.

Pacóvios – A banda tem em mente criar canções próprias para o projeto?

Bijou: Ed (Criador do site Embrulhador) e eu falamos sobre isso semana passada, mas não conversamos com os meninos ainda para formalizar a proposta. Mas, sim, existe – pelo menos da parte jornalística do projeto – essa vontade.

Pacóvios – No dia 18 de novembro é o show de lançamento da Embrulhabanda, o evento vai rolar na Casa do Mancha. Pode dar uma pista do que vai rolar nessa data?

Bijou: A Casa do Mancha chancela quem passa por ela e começar sob as bençãos da casinha tem um peso enorme para nós. O principal que é esse primeiro contato de um projeto todo híbrido – da internet para o mundo real e formado por quatro bandas diferentes – com muita gente que já esteve na lista do Embrulhador ou é leitor do site. O restante é surpresa <3

Pacóvios – Agora, pra finalizar, peço para que você deixe sua mensagem para a galera que ficou curiosa em conhecer a Embrulhabanda e todos que curtem o Pacóvios.

Bijou: O Pacóvios e seus leitores são muitíssimos bem-vindos para uma noite que celebra o desafio de converter um site em uma banda. Como cada show da Embrulhabanda é único pela troca de vocalistas, esse grand debut merece ser visto de perto. Encontramos vocês todos na Casa do Mancha. o/

Embrulhabanda – Serviço

Local: Casa do Mancha/SP
Data: 18/11/2016
Endereço: Rua Felipe de Alcaçova, nº 89 – Vila Madalena
Horário do show: 21h
Entradas: R$ 20,00
Censura: 18 anos