Gustavo Riviera é membro fundador da banda Forgotten Boys de São Paulo, que é uma banda independente com 19 anos de carreira, tem 7 discos lançados, considerada pela crítica como a salvação do rock no Brasil. Trabalhou com Roy Cicala (que trabalhou com John Lennon, Lou Reed, Frank Sinatra, Madonna, Aerosmith, Tom Jobim), com o produtor Daniel Ganjaman (Charlie Brown Jr., Criolo, Otto), e Apollo Nove (Rita Lee, Cibele). Já dividiu palco com MC5, New York Dolls, Guns N’ Roses, Marky Ramone. Apresentou-se em quase todo o Brasil, e na Argentina, Uruguai e Chile.

Riviera Gaz é o mais recente projeto dele e também traz influência do rock 90`s, glam rock e psychedelic folk. O projeto surgiu há 2 anos quando Gustavo Riviera em um ano sabático compôs músicas para se apresentar solo em Paris, onde vivia na época. Voltando ao Brasil convidou Paulo Kishimoto e aproveitando a passagem de Steve Shelley pelo Brasil a fazer a gravação do primeiro EP da banda com 5 músicas.

Gustavo Riviera e Paulo Kishimoto. Foto: Aline Almeida.

Gustavo Riviera e Paulo Kishimoto. Foto: Aline Almeida.

Pacóvios – Cara, o último lançamento, de inéditas, com o Forgotten Boys foi em 2011 (Taste It). Cheguei até a assistir um show de vocês nessa época no Sesc Vila Mariana. Depois disso vocês entraram em hiato ou foi só falta de tempo pra se dedicar a banda mesmo?

Gustavo Riviera: Eu estive fora por um tempinho e ai pra pegar no ritmo novamente demorou. Mas, gravamos um disco no ano passado, uma edição especial numerada pelo selo argentino Rastrillo Records. Só com covers, bem legal o disco, conta com a participação do Hurtmold em dois sons, tem Stooges, Ramones, MC, Patti Smith… Se chama Outside of Society. Estamos aí!

Pacóvios – Inclusive eu acho o “Taste It” incrível, vocês chegaram até a receber prêmio da APCA como o melhor conjunto de 2011. Rolou uma falta de divulgação, os fãs não receberam muito bem ou foi escolha de vocês trabalhar pouco o álbum?

Gustavo Riviera: Não sabemos trabalhar o disco sozinhos, não sabemos divulgar. O disco é bem bom mesmo, gosto bastante, pena que não foi bem trabalhado. Mas existe.

Pacóvios – Depois desse período que comentamos você ressurge com o Riviera Gaz, qual a proposta desse novo trabalho?

Gustavo Riviera: A ideia começou quando estava sem a banda, fora do Brasil e ai comecei sozinho esse projeto. Compus algumas músicas e aí quando voltei decidi montar a banda.

Pacóvios – Foi divulgado que o Steve Shelleydo Sonic Youth, participou da gravação do primeiro Ep do Riviera Gaz. Como rolou esse convite?

Gustavo Riviera: Ele não faz participação, ele é da banda. gravou as músicas e vai tocar nos shows. Temos um amigo em comum de Paris, e ele fez o contato e convidamos o Steve pra gravar e ele topou.

Gustavo Riviera

Capa do EP “Pere Ubu” da Riviera Gaz.

Pacóvios – Ele também vai estar com vocês na mini tour agendada pra maio?

Gustavo Riviera: Sim, vem pra tour.

Pacóvios – Você já tem algumas datas, poderíamos divulgar aqui?

Gustavo Riviera:

Pere Ubu Tour 2016

13/05 – Serralheria (São Paulo/SP)
14/05 – Festival Bananada (Goiânia/GO)
18/05 – Célula Show Case (Florianópolis/SC)
20/05 – Oficina Bar (Londrina/PR)
21/05 – Tribos (Maringa/PR)

Pacóvios – Ep completo, com cinco músicas, sai agora em maio. Além das faixas liberadas no SoudCloud da pra adiantar um pouco do que está por vir?

Gustavo Riviera: Vamos liberar todas no Soundcloud, já foram 3. Mas essas duas que foram liberadas primeiro já dá pra entender o que é a coisa toda. Nos shows vão rolar algumas inéditas, fora essas 5 e algum cover.

Pacóvios – Fizemos uma entrevista com os caras da Hablan Por La Espalda, eles nós falaram da vontade de tocar com os Forgotten Boys. Vocês tem planos de fazer algum projeto juntos?

Gustavo Riviera: Seria bem legal, nunca definimos de fazer algo junto mesmo, mas seria demais. No Forgotten estamos agilizando de gravar alguns sons novos por enquanto.

Saca ai o som da banda Riviera Gaz: