Baixista na banda Supercombo, Carol Navarro é a dona do grave, esbanjando simpatia e atitude tem sido uma grande referência de musicista.

Carol iniciou na música aos seus 17 anos em Santo André, com o violão do pai, seguida por aulas de contra baixo. Sua primeira banda foi a Lipstick, uma banda formada apenas por mulheres, onde ficou por 10 anos. E em 2012 entrou para a banda Supercombo, onde ela é a única mulher a subir ao palco.

É revigorante e lindo vê-la tocando, e poder perceber que apesar de estar em uma banda em que se é a única mulher, seu espaço e trabalho são respeitados, principalmente quando rola uma jam nos shows, geralmente com os meninos da banda Medulla e Scalene. Ela permanece lá, no palco, se diverte, e sem dúvida alguma, seu som faz toda a diferença.

Além de tocar com a Supercombo pelo Brasil a fora, Carol tem participado ativamente de ações e palestras como a que aconteceu em março, no CCSP em comemoração ao Dia Internacional das Mulheres – Women’s Music Events.

Uma mulher, uma baixista, uma musicista incrível. Mais uma prova de que mulher pode ser o que quiser.

Veja a Carol Navarro tocando na Supercombo:

Pacóvios: Cultura independente de tudo.