Banda portuguesa The Gift desembarcou no Brasil para uma série de shows, saiba como foi a estreia de “Altar” em São Paulo.

Você já conhece a banda The Gift? Eles são de Portugal e começaram a tocar em 1994, de lá pra cá eles já tiveram tempo de consolidar seu nome na história da música em sua região, agora a banda busca ir além das fronteiras (mais uma vez) e mostrar que há muita musica além de Roberto Leal, basta que a gente procure e escute.

Eu conheci a banda por acompanhar assiduamente o canal do amigo Marcelo Costa no YouTube, ele apresentou o novo disco do grupo “Altar” na seção “Scream & Yell Discos”, falou tão bem que acabei ficando bem curioso e fui de imediato ouvir a discografia da banda. Eles não são o tipo de banda que transbordam suas influencias regionais, pelo contrário, são mundiais, cantam em inglês, a batida é pop e seria facilmente digerida em diversas capitais mundo a fora.

Formada por Sónia Tavares (voz), Nuno Gonçalves (voz, teclados), John Gonçalves (baixo, teclados) e Miguel Ribeiro (bateria), The Gift desembarcou no Brasil mais uma vez. Agora para um potente, estreando seu novo disco,“Altar” é o sexto álbum da banda e contou com produção e colaborações do artista Brian Eno.

The Gift na Casa Natura Musical – Fotos: Felipe Giubile.

Finalmente, vamos ao show que eles fizeram em São Paulo na última terça-feira (dia 5/12). A apresentação começa com músicas do novo disco, “Vitral” e “Hymn to Her” impressionam com a potência vocal de Sónia e mostram uma banda bem entrosada em ação. O público começa a ser cativado só na quarta-feira do show “Big Fish”, um rock alternativo e eletrônico que te convida a pular.

Dando sequencia com faixas de outros discos, Gift fez um passeio por sua discografia e tocou canções como “Driving You Slow” e “Music”, de “Am-Fm” (2004). Teve espaço ainda para “Vynil” (1998), “Explode” (2011) e “Primavera” (2012). Cheia de altos e baixos, a apresentação foi para um publico selecionado, não que isso fosse problema para a banda, eles até comentaram que estão acostumados a tocar para multidões, porém um show para poucos no Brasil carrega o mesmo significado.

Ainda pra te proporcionar uma experiência próxima ao show, preparei uma playlist com todos as músicas tocadas ao vivo. Está no meu Spotify, o link vai aqui em baixo para você seguir.