Chega de ofertas da Black Friday, chegou a hora de você conhecer mais um lançamento nacional aqui no Sexta Efervescente. Ouça Vinikov.

Você já comprou tudo que tinha pra comprar? Pensa bem, dá mais uma olhada naquele site de eletrônicos, acho que seu celular tá numa promoção imperdível, ou quem sabe aquele outro lá que só vende passagens áreas, acho que chegou o momento de viajar. Bom, se você já se garantiu ou tá sem grana, dá pra aproveitar a sexta-feira e viajar de outras maneiras, sabia disso? Uma dessas maneiras é ouvindo ao primeiro disco solo de Vinikov, vamos falar sobre ele hoje aqui, se liga ai.

Vinikov é o nome artístico que Vinícius de Morais do Espírito Santo arranjar para encarnar um personagem sombrio e boêmio. Seu disco de estreia saiu com uma première maravilhosa no Hits Perdidos, se você ainda não leu, tá perdendo um valioso tempo da sua vida. Mas, dando continuidade, Vinícius constituiu uma bonita obra, onde mescla seus momentos em inglês e português sem parecer clichê.

Em boa parte das nove músicas dos disco ele prima por um elemento, que faz parte da constituição de sua sonoridade apaixonada, rancorosa e alcoólica, o piano. Bem humorado, se mostra também um bom contador de histórias, com finas ironias e mistura seu próprio personagem ao papel de locutor e novamente coadjuvante para então retomar seu posto de  protagonista do mistério ali envolto.

Durante a audição de “Babyloneliness” vamos percebendo aos poucos algumas bandas e artistas que guiaram a criatividade de Vinikov: como Velvet Undergound, Serge Gainsbourg, Arnaldo Baptista, Arthur H, Tom Waits, dentre outros. A gravação e produção musical do álbum aconteceram no Estúdio Minotauro, situado no bairro Santo Antônio em Belo Horizonte.

Ouça: Vinikov – “Babyloneliness”